Cirurgia plástica: qualificação profissional em primeiro lugar

Com o aumento do número de cirurgias plásticas realizadas no Brasil e exterior, também cresce a necessidade por qualificação profissional junto a instituições de excelência. O Instituto D’Or abre chamada para sua pós-graduação em cirurgia plástica estética e reconstrutora.

A cirurgia plástica é procurada por milhões de pessoas ao redor do mundo, ora por questões estéticas, ora por indicação médica. Em ambos os casos, a formação profissional junto a instituições conceituadas é fundamental para que o jovem cirurgião agregue credibilidade à sua carreira. Nesse contexto, o Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino (IDOR) lança sua primeira turma de pós-graduação em cirurgia plástica estética e reconstrutora. O período de inscrições vai até 1º de março.

O número de cirurgias plásticas só faz crescer em todo o mundo: em 2017, a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética contabilizou um aumento de 4% no número dessas cirurgias, quando comparado ao ano anterior. O Brasil ocupa a segunda colocação na lista de países onde mais são realizadas cirurgias plásticas, com cerca de 2,5 milhões de procedimentos em 2017. Em primeiro lugar estão os Estados Unidos.

Outra vertente da cirurgia plástica possui função reconstrutora ou reparadora, salvando vidas e devolvendo autoestima de pacientes. Esse tipo de cirurgia é frequentemente indicado para pacientes que sofrem de tumores, queimaduras, acidentes ou problemas de desenvolvimento. Os procedimentos incluem, por exemplo, a separação de gêmeos siameses ou a reconstrução mamária de pacientes oncológicas.

Apesar da importância da atividade de cirurgião plástico, é comum encontrar no noticiário o relato de pacientes insatisfeitos ou procedimentos malsucedidos, o que acaba por prejudicar a imagem dos profissionais da área e manchar a importância clínica e social das cirurgias plásticas. Com o objetivo de formar profissionais cada vez mais qualificados para os desafios da área, o IDOR abre inscrições para sua primeira turma de pós-graduação em cirurgia plástica estética e reconstrutora.

O curso, voltado a cirurgiões que buscam o aperfeiçoamento e o título de especialista em cirurgia plástica, possui carga horária de 2.200 horas. Em um formato que mistura teoria e prática, a pós-graduação irá cobrir importantes temas, como princípios gerais da cirurgia plástica, queimaduras e reconstrução de tronco, membros, cabeça e pescoço. O conteúdo também dá ênfase a populações oncológicas e pediátricas. Saiba mais sobre a pós-graduação aqui.